domingo, 26 de setembro de 2010

As aventuras da educação no reino do sexo

[com o pedido de desculpa por má vizinhança ao post anterior]

13 comentários:

Anónimo disse...

Não confundas com as paroquianas.LOL

Nausícaa, São Paulo, Brasil disse...

São Miguel Arcanjo, defendei-nos neste combate...

Só um reparo, no verão/inverno os pagãos comemoram o solstício.

No mais, o que nos une:

Eu sabia da comida kosher; hoje - sim, admito humildemente minha ignorância, sei também da comida halal!!

http://www.europapress.es/sociedad/noticia-nestle-lanzara-productos-inmigrantes-crecer-espana-20100926102037.html

http://www.religionenlibertad.com/articulo.asp?idarticulo=11146

Mas, um tema para domingo: "La astrofísica malasia Mazlan Othman será designada en próximas fechas como embajadora de Naciones Unidas para el Espacio, y se encargará de coordinar la respuesta de la Humanidad en el momento en el que se produzca un contacto con una raza alienígena." Em

http://www.europapress.es/sociedad/ciencia/noticia-onu-designara-embajadora-posibles-contactos-alienigenas-20100926133634.html

O ridículo no relativismo prova-se sem limites.

RioD'oiro disse...

Nausicaa:

"Só um reparo, no verão/inverno os pagãos comemoram o solstício."

Tem razão. Eu gosto que equinócios por não me derreterem nem gerarem tanto os ossos.

Já agora, em Outubro (salvo erro) a hora em Portugal atrasa uma hora o que implica que quando chego a casa é mais uma hora solar que legal e ... é noite. Detesto chegar a casa de noite.

Anónimo disse...

Ò minha nossa senhora, burrice atrai burrice.

Anónimo disse...

"Ò minha nossa senhora, burrice atrai burrice."

Realmente, em Vilar de Perdizes a vender pagelas e mezinhas é que se estava bem.

Meu S. Miguel das Vindimas, e um copinho para alumiar esta gente?

Anónimo disse...

Sem dúvida; em Vilar de Perdizes as mezinhas dão esperança a muita gentinha, mas estes blogueiros só apregoam desgraças e lastros para a forca. Pena é que não dêem o exemplo e se dependurem numa qualquer olaia, quais Judas Iscariotes, que vendem o seu País por quaisquer 30 dinheiros.

Carmo da Rosa disse...

” que vendem o seu País por quaisquer 30 dinheiros.”

Vender! Quem é que quer comprar as enormes dívidas contraídas pelos governantes do país…

Anónimo disse...

Este não sabe que os judeus banqueiros nos estão a comprar a dívida pública, remunerada a uma taxa especulativa de 6.5%. Oh santa ignorância.

Anónimo semi-analfabeto.

Carmo da Rosa disse...

Anónimo semi-analfabeto e anti-semita...

Anónimo disse...

Oh ignorante, semi-analfabeto ou anti-semita é verdade ou não que os judeus banqueiros querem chupar especulativamente a dívida pública?

Anónimo disse...

O carmo não perceb patavina disso, o que ele percebe é de consfusão de rua. Quantos são, quantos são.

RioD'oiro disse...

"remunerada a uma taxa especulativa de 6.5%."

Em Portugal há um determinado numero de agentes socialistas dos judeus banqueiros que insistem ... sabe-se lá porquê ... em ser clientes desses especuladores.

Tomara que não insistissem em serem clientes 'deles'.

Anónimo disse...

Coitado o burralho está convencido que se fosse o CDS ou a União Nacional a situação especulativa a que Portugal está sujeita seria diferente. Acredito que sim, no último caso, em vez de escrever no seu moderno laptop, teria que ir ao cafézito da esquina, beber uma bica, e aguardar pela sua vez para escrever no seu bloguezito.