quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Avariou-se?


What do you mean “Flash Gordon approaching”?

... mas então,

- Cuba tem o melhor sistema de saúde do mundo.
- Cuba tem os melhores médicos do mundo.
- Cuba tem os melhores medicamentos do mundo.
- Cuba tem os melhores hospitais do mundo.
- Cuba tem o melhor sistema de ensino do mundo.
- Cuba tem os melhores livros escolares do mundo.
- Cuba tem a sociedade mais educada do mundo.
- Cuba tem a sociedade mais fraterna do mundo.
- Cuba tem a sociedade mais plural do mundo.
- Cuba tem a sociedade em que todos têm direito ao pão.
- Cuba tem a sociedade em que todos têm habitação condigna.
- Cuba tem a sociedade em que todos trabalham o justo horário.
- Cuba tem a sociedade em que todos ganham o justo salário.
- Cuba tem a sociedade em que todos trabalham com alegria.
- Cuba tem a sociedade mais limpa da mais leve mancha de discriminação.
- Cuba tem a sociedade em que todos se podem exprimir livremente.

... e vem agora Fidel Castro informar que aquilo não funciona? Não funciona? Mas, porquê? Avariou-se?

E avariou-se, diz ainda por cima Fidel, de tal forma que ... não se pode exportar! Não se pode exportar?

E então, que é feito do Zimbabwe? Não poderia Mugabe dar uma ajuda? E a Venezuela? E o camarada Chavez ... tão unha com carne com Fidel, não pode dar uma ajudita? E a Coreia do Norte? Certamente haverá lá técnicos capazes de compor a coisa. Kim-il-sung não olhará a meios para repor a revolução em marcha.

! ... e tem que ser rápido, não vá dar-se o caso de Cuba começar a exportar o regime com avaria ou, pior, seja reparada pelos cubanos da Florida.

Deus, na sua infinita sabedoria, creio, irá poupar Saramago, lá no além, a esta triste notícia. No 5 Dias, no Jugular e no Esquerda.net, leituras habituais de Saramago, o silêncio é total. Muito bem.

49 comentários:

LGF Lizard disse...

A malta comunista ficou sem palavras.

Depois da queda da URSS, da queda do Muro de Berlim e da transformação da China numa sociedade capitalista, esta foi a pior notícia que poderiam dar a um comunista.

Eles, coitados, tinham apenas dois "paraísos": Cuba e a Coreia do Norte.
Agora só têm a Coreia do Norte... que, como qualquer pessoa sabe, é tudo menos um "paraíso".
E qualquer dia até a Coreia do Norte passa a capitalista...

Depois disso, sem paraísos, o que irão fazer os comunistas?
Possivelmente um suicídio colectivo, como as baleias. É uma hipótese.

Carmo da Rosa disse...

@ Lizard: ”Depois disso, sem paraísos, o que irão fazer os comunistas?”

Lizard, outra hipótese:

Vão deixar crescer a barba, cortar dez centímetros das calças, lavar os dentes com um pau e dizer que Alá é o único Deus e que Maomé é o seu profeta… Aliás, como o ‘pensador’ marxista francês Roger Garaudy, que tem um museu sobre o islamismo mesmo ao lado da mesquita de Córdoba, onde se diz que o Islão é e sempre foi um modelo de progresso, e de ciência, e de tolerância, e de paz – resumindo, um mar de rosas.

EJSantos disse...

Caro LGF Lizard, o Carmo tem razão. A irracionalidade humana tem uma tremenda capacidade de metamorfosear-se e de se adaptar.
Os loucos encontram sempre uma loucura que lhes sirva.

Anónimo disse...

Sem palavras? Porque razão? A vossa surpresa só se mede pelo sectarismo com que não acompanham ou não entendem (a inteligência ainda não se pode comprar) declarações anteriores de vários dirigentes cubanos, a começar pelo Fidel, admitindo a necessidade de reformas para responder a vários problemas na economia cubana, a começar pela produtividade, pela diversificação e pela modernização económica. Se não sabem, admito a ignorância. Baterem com as mãos na barriga é simplesmente sinal de estupidez. Independentemente de tudo, vivem ou sobrevivem com um bloqueio económico há mais de 50 anos.
A poderosa economia do Norte, a mais poderosa do planeta, vive naturalmente com a fartura de quem consome mas não paga, e essa é naturalmente uma forma de estar na vida que vos seduz, como seduz aqueles que mamam na desgraça dos outros. Quando for a altura de cobrar é que vai ser o caralho. Enquanto não, vive-se à grande e à francesa.
Ó Lagarto, para ti a China é comunista às quintas e terças e capitalista às segundas, quartas e sextas… também sabes lá o que dizes :) vês muita televisão, não é? É uma merda: 'antes de 1917 não havia comunismo, depois houve algum, agora há menos'; a tua profundidade de análise é, à falta de melhor adjectivo, divertida.
Onde é que vais fazer o novo Israel depois do Irão foder o teu?

Anónimo disse...

Eehehehh…
Nos EUA vive-se cada vez melhor.
As agências de rating dizem que nos novos parques de campismo é que se está bem.
Coitados dos americanos, pelo menos já têm um sistema de saúde quase público, valha ao menos alguma coisa.
Mas também onde hão-de viver? Se 60 por cento deles nem consegue sequer apontar o próprio país num mapa-mundo, quanto mais encontrar outro qualquer para viver…

Carmo da Rosa disse...

Caríssimo anónimo, mas então como é que você entende esta “necessidade de reformas para responder a vários problemas na economia cubana, a começar pela produtividade, pela diversificação e pela modernização económica” ?

O bloqueio ou embargo a Cuba não é tão bloqueador como você o pinta. Além disso, qualquer pessoa, mesmo anónima e anti-semita, mas com dois dedos de testa, percebe que isto não serve de argumento. Porque Cuba deu-se agora de conta que tem precisamente os mesmos problemas que todos os países socialistas sempre tiveram – e esses países nunca sofreram embargos ou bloqueios…

E já agora, acha que o Fidel Castro, para resolver estes problemas, vai-se deixar aconselhar pelo Francisco Louçã ou pelo Jerónimo de Sousa?

Anónimo disse...

Entendo como a percepção de problemas que têm de ser resolvidos. Acho absolutamente natural este tipo de preocupações, mesmo não tendo lido o texto, são questões que se colocam desde a década de 90 e que não se colocaram antes por erros que o próprio Fidel assumiu. Parece-me aliás um exercício bastante franco. Que é uma sociedade com muitos problemas? Evidentemente. Diga-me um discurso desde a Revolução Cubana que ignorasse o facto de Cuba ter problemas, limitações e um longo percurso a percorrer até os resolver? Não apontará nenhum. Mas serve-lhe os propósitos abanar com o contrário. Não surpreende minimamente. Tal como não abona a vossa inteligência. Quanto ao bloqueio, não vou discutir os números: veja os sucessivos relatórios ao Congresso americano sobre os prejuízos para a economia de Cuba e como são o argumento fundamental para 'isolar' o regime do Povo cubano.

Anónimo disse...

e creio que o Carmo da Rosa também não leu a entrevista, certo?
Quanto ao Jerónimo de Sousa e ao Francisco Lopes, o que é que tem a ver uma coisa com a outra? Certamente você será demasiado inteligente para esta discussão, por isso se quiser fazer o favor de se explicar melhor… ou era só humor?

RioD'oiro disse...

"responder a vários problemas"

Aí está o comité central a minimizar os problemas. O sistema não funciona e, portanto é preciso "responder a vários problemas".

Segue-se então a verborreia amortecedora, como quem diz 'morreu, mas morreu em paz'.

E o "bloqueio" como se Cuba estivess permeável ao que vem do mundo de Busssssh.

Anónimo disse...

Um grupo de cubanos abandona a ilha rumo a Miami. No meio da viagem, um dos cubanos, o mais velho, sofre um ataque cardíaco e pede como último desejo uma bandeira para se despedir da sua querida Cuba. Os outros começaram a procurar em bolsas, sacolas e em todos os lugares onde pudesse estar guardada uma bandeira de Cuba.

Depois de algum tempo, deram-se conta que não havia nenhuma bandeira de Cuba no barco. Nisto, uma jovem de vinte anos, vendo o sofrimento do velho, disse que tinha tatuado na bunda a bandeira de Cuba e ofereceu-se para ajudar. A mulher virou de costas para o moribundo, baixou as calças e mostrou a bunda com a bandeira tatuada.

O velho agarrou a moça com força e beijou a bandeira, emocionado, enquanto gritava:

"- Mi querida Cuba, me despido con recuerdos, mi vieja Havana, mi linda tierra!"

O velho continuou com beijos e mais beijos na bandeira, até que, em lágrimas, disse à moça:

"- Ahora vira de friente, que quiero despedir-me de Fidel!!!!"

Anónimo disse...

Ora cá está uma coisa já rara de encontrar-se no capitalismo, onde as gajas já não têm pintelheiras fartas, rapam-nas totalmente ou deixam ficar simplesmente um bigodito à hitler.

RioD'oiro disse...

"admitindo a necessidade de reformas para responder a vários problemas na economia cubana, a começar pela produtividade, pela diversificação e pela modernização económica."

Reparem nesta tirada. Até parece que a necessidade de reformas é resultante da furibunda actividade de ultra-neo-liberais e não da derrocada das medidas "revolucionárias" de Fidel e sus muchachos.

Reparem ainda como "modernização económica" é ali colocada, sem explicar o que é, naquele contexto "modernização". Será liberalização?

"vive naturalmente com a fartura de quem consome mas não paga"

Pois claro. Não paga como se os credores não se importassem. No caso de Cuba parece que se importam porque Cuba não paga há 50 anos. Aliás, subsiste de esmola, como a Coreia do Norte.

"como seduz aqueles que mamam na desgraça dos outros"

Falta explicar como se mama de quem nada tem. E também falta explicar se isso não se aplica a Cuba, que vive de quem, desgraçadamente, a tem que alimentar, nomeadamente os emigrantes.

"Quando for a altura de cobrar é que vai ser o caralho."

Já é. Até Fidel, num aparente rasgo de lucidez, percebeu. Mas a malta de Miami vai resolver o problema.

Enfim, diatribe dos adoradores do comité central a entrada de mais uma reunião para discussão dos avanços do PREC.

RioD'oiro disse...

"são questões que se colocam desde a década de 90 e que não se colocaram antes por erros que o próprio Fidel assumiu"

Assumiu continuando no poder, sempre implementando mais do mesmo e até, 20 anos depois, perceber que não funciona nem serve para exportar.

De facto esta esquerdalhada não passa de uma horda de beatas tontas, eternamente à procura de perdão como expiação que lhes permita fazer ainda mais.

Anónimo disse...

Fidel visita uma pocilga e, ao ver uma porca prenhe, comenta:
- Seguramente irá parir dez porquinhos.
Um mês depois, a porca tem apenas seis porquinhos, mas o administrador da
pocilga informa que os porquinhos foram sete. O chefe do sector informa que
ela pariu oito porquinhos. O governador provincial informa ao ministro que
nasceram nove porquinhos e este, por sua vez, informa Fidel que a porca pariu
dez porquinhos. Fidel ordena repartir os porquinhos da seguinte forma: seis
porquinhos para os turistas e quatro para o consumo popular.

Anónimo disse...

As Nações Unidas conduziram um inquérito aos vários países com um único ponto: "Por favor dê a sua opinião honesta sobre as soluções para a escassez de comida no resto do mundo."
O inquérito foi um fracasso tremendo.
Em África não sabiam o que era comida.
Na Europa de Leste não sabiam que era honestidade.
Na Europa Ocidental não sabiam o que era escassez.
Na China não sabiam o que era uma opinião.
No Médio Oriente não sabiam o que era uma solução.
Na América do Sul não sabiam o que era por favor.
E nos Estados Unidos não sabiam o que era o resto do mundo.

Anónimo disse...

Um alentejano foi visitar a China.
Uma vez lá chegado, o homem visitou o Poço dos Nomes.
Dizia a lenda que quem estivesse prestes a ser pai deveria atirar uma pedra para o poço, e o barulho que a pedra fizesse seria então o nome do filho.
O alentejano aproxima-se do poço e vê um Chinês a atirar uma pedra, que faz: Chin-Chan-Yen.
O alentejano acha piada aquilo e vê outro Chinês a fazer o mesmo: Tin-To-Yan.
O alentejano não resiste e, como também ele estava prestes a ser pai, atira também uma pedra.
Conforme cai no poço, a pedra faz: Chim-Pan-Zé.

Um alentejano foi visitar a China.
Uma vez lá chegado, o homem visitou o Poço dos Nomes.
Dizia a lenda que quem estivesse prestes a ser pai deveria atirar uma pedra para o poço, e o barulho que a pedra fizesse seria então o nome do filho.
O alentejano aproxima-se do poço e vê um Chinês a atirar uma pedra, que faz: Chin-Chan-Yen.
O alentejano acha piada aquilo e vê outro Chinês a fazer o mesmo: Tin-To-Yan.
O alentejano não resiste e, como também ele estava prestes a ser pai, atira também uma pedra.
Conforme cai no poço, a pedra faz: Chim-Pan-Zé.

Anónimo disse...

Arrogância americana

O diálogo abaixo é tido como verídico e foi travado em outubro de 1995 entre um navio da Marinha Norte Americana e as autoridades costeiras do Canadá, próximo ao litoral de Newfoundland.

Os americanos começaram educadamente:

— Favor alterar seu curso 15 graus para norte para evitar colisão com nossa embarcação.

Os canadenses responderam prontamente:

— Recomendo mudar o SEU curso 15 graus para sul.

O capitão americano irritou-se:

— Aqui é o capitão de um navio da Marinha Americana. Repito, mude o SEU curso.

Mas o canadense insistiu:

— Não. Mude o SEU curso atual.

A situação foi se agravando. O capitão americano foi se exasperando e berrou ao microfone:

— ESTE É O PORTA-AVIÕES USS LINCOLN, O SEGUNDO MAIOR NAVIO DA FROTA AMERICANA NO ATLÂNTICO. ESTAMOS ACOMPANHADOS DE TRÊS DESTRÓIERES, TRÊS FRAGATAS E NUMEROSOS NAVIOS DE SUPORTE. EU EXIJO QUE VOCÊS MUDEM SEU CURSO 15 GRAUS PARA NORTE. REPETINDO UM - CINCO, GRAUS NORTE, OU ENTÃO TOMAREMOS CONTRAMEDIDAS PARA GARANTIR A SEGURANÇA DO NOSSO NAVIO.

E o canadense respondeu:

— Isto aqui é um farol. Câmbio!

Anónimo disse...

Foi também assim que os américas confundiram os peidos do Saddam com armas químicas de destruição maciça...

Carmo da Rosa disse...

Anónimo, você transborda inteligência mas é pena não a utilizar muito!

Reconhece que Cuba “é uma sociedade com muitos problemas? Evidentemente.”, mas não quer perceber que grande parte desses problemas estão directamente ligados com o sistema! O sistema que o senhor Jerónimo de Sousa e o senhor Francisco Louçã querem implementar em Portugal se os deixarem… E é neste sentido que tem algo a ver com o assunto. E não é preciso ser muito inteligente para perceber que o Fidel certamente NÃO vai pedir conselhos aos nossos educadores da classe operária – porque gato escaldado água fria tem medo… (Por favor, não me vai agora perguntar qual é a relação entre gatos e o bloqueio!)

E diz você que “Quanto ao bloqueio, não vou discutir os números”. Eu tampouco, porque, e vai-me obrigar a repetir: Cuba deu-se agora de conta que tem precisamente os mesmos problemas que todos os outros países socialistas sempre tiveram – e esses países nunca sofreram embargos ou bloqueios…
Uma pessoa inteligente, mas que faça minimamente uso da inteligência, percebe que o argumento do bloqueio – sendo este ou não verdade – não é válido…

Dito de outra maneira, ou seja, como diz RioD’oiro:

”Até parece que a necessidade de reformas é resultante da furibunda actividade de ultra-neo-liberais e não da derrocada das medidas "revolucionárias" de Fidel e sus muchachos.

ou

”Reparem ainda como "modernização económica" é ali colocada, sem explicar o que é, naquele contexto "modernização". Será liberalização?”

mas as anedotas que colocou eram divinais…

Anónimo disse...

Lendo o Fidel e depois o anónimo fico preocupado e quase com a certeza de que atrás de um bom comunista está sempre um perigoso ultra-neoliberal bushista.
Aqui fico como anónimo 2

Anónimo disse...

Contam que em 2003 o presidente Bush dos Estados Unidos foi visitar um asilo de loucos na Pensilvânia.

Coisa de primeiro mundo, o asilo. Tudo bem arrumadinho, bem organizado, os loucos dispostos em alas conforme a categoria. Um prédio abrigava os napoleões, outro estava cheio de latinos que se diziam Fidel Castro, uma sala com três ou quatro fernando-henriques e assim por diante. Cada maluco no seu devido lugar.

A certa altura, o diretor do hospício conduziu o presidente Bush ao maior, o mais bonito e bem decorado pavilhão e falou:

-- Presidente, este pavilhão é uma homenagem ao senhor.

O diretor abriu a porta de um enorme salão onde se encontravam mais de cem loucos, todos eles absolutamente iguais ao presidente Bush.

Ah, que beleza, suspirou o presidente. Todos querem ser iguais a mim. E foi entrando para conversar com os outros bushes.

De repente, deu-se o inesperado. Os loucos enlouqueceram e foram pra cima de Bush. Quer dizer, todos foram pra cima de todos e logo ninguém sabia quem era quem.

Depois que a segurança do presidente conseguiu acalmar a situação, sobraram quatro bushes entre os mais de trinta mortos e quase uma centena de feridos.

E a dúvida: qual dos quatro é o presidente?

A direção do hospital convocou reunião do Conselho Psiquiátrico, fez uma avaliação criteriosa e identificou, entre os quatro sobreviventes, o verdadeiro presidente Bush.

O presidente Bush se arrumou, vestiu roupa limpa e voltou para a Casa Branca.

No dia seguinte, Bush mandou invadir o Iraque.

LGF Lizard disse...

O comunismo nunca funcionou em lado nenhum. Porque razão seria Cuba a excepção?

A mais assassina ideologia da História está morta e enterrada. Não conseguiu sobreviver às suas inúmeras contradições. O legado comunista é um legado de horror: mortes, fome, campos de trabalhos forçados e a supressão das mais básicas liberdades e direitos humanos.

Não irá fazer nenhuma falta. Tal como a escravatura ou o nacional-socialismo, o comunismo ficará como uma página negra da História da Humanidade.

Carmo da Rosa disse...

E o Islão?

LGF Lizard disse...

"Ó Lagarto, para ti a China é comunista às quintas e terças e capitalista às segundas, quartas e sextas… também sabes lá o que dizes :) vês muita televisão, não é?"

O único sinal que a China é comunista é o facto de ser o Partido Comunista Chinês a governar. De resto, são capitalistas.

"É uma merda: 'antes de 1917 não havia comunismo, depois houve algum, agora há menos'"

E o que resta irá desaparecer. Ideologias de merda não fazem cá falta nenhuma...

"a tua profundidade de análise é, à falta de melhor adjectivo, divertida."

Camarada, vê-se mesmo que engoliste um grande sapo (mais um na longa lista, não é?)....
Agora, preocupa-te é como o irás cagar....

LGF Lizard disse...

"Onde é que vais fazer o novo Israel depois do Irão foder o teu?"

E tu a bater palmas, não é? Quem diria que o anti-semitismo chegaria à esquerda radical?
bem, preocupa-te é onde os islamofascistas iranianos irão governar depois de tentarem destruir Israel. Porque parece que a coisa ira acontecer assim:

Os iranianos atacam Israel com mísseis nucleares. Assim que os israelitas os detectam, os norte-americanos ou os israelitas irão disparar os seus.
Só que para azar dos iranianos, o sistema de defesa anti-mísseis Arrow 2 destrói os mísseis iranianos.
O Irão não tem sistema de defesa anti-misseis... logo, a geografia do Médio Oriente irá mudar um bocadinho.

Anónimo disse...

E viva a guerra, seus idiotas sectários. Ide mas é trabalhar seus calões de merda.

RioD'oiro disse...

LGF Lizard:

"Agora, preocupa-te é como o irás cagar.... "

E espero que pelo caminho engorde.

:))))))

Nausícaa, São Paulo, Brasil disse...

Caro Fiel Inimigo,

A questão em si é complexa no tema e no tempo contaminando a todos e tudo o que conhecemos do mundo.

Os depoimentos do senhor José Gonçalo são comoventes porque sugerem uma avaliação conjuntural do mundo e, mais que isso, um convite para reavaliação de nossa própria biografia.

Como Rio D'Oiro, meu refrão deste terremoto sideral é

"Tu es le sang de ma blessure
Tu es le feu de ma brûlure
Tu es ma question sans réponse
Mon cri muet et mon silence."

Em

http://www.youtube.com/watch?v=suHf_o5RQ-Q&feature=player_embedded

P.S. - ainda eu carrego comigo o espanto lá dos onze anos de idade quando eu entendi a letra da música frente a doçura de Françoise Hardy. Na época chamávamos a isso de "fossa", e vê-se - dada a avaliação dos frutos - que essa gente continua no mesmo lugar.

Anónimo disse...

Lagarto, podes ter a certeza que os meus sapos cagados têm bem mais nível que as tuas postas de pescada. Está tranquilo. Veremos. Em Julho levaram na peida, não foi? Ou em Junho? Tenho má memória para datas. Três operações clandestinas joint-ops US/Israel. Não sabe muito disto, pois não?
Muito musculo e pouco juízo dá mau resultado. Já no Vietnam tinham tudo e apanharam na peida de gajos que faziam bombas com panelas. A sua sobranceria só expõe a sua própria ignorância e o desconhecimento do que é a guerra. Mas pronto. É o complexo Rambo III. É clássico, não se preocupe. Quanto às ideologias, só o facto de meteres tudo no mesmo saco evidencia a ignorância própria que quem não sabe o que escreve, que é um requisito fundamental para fazer triunfar a ideologia dominante.

CdR, descontando os clichés dos peões, e dos clones, etc etc etc, deixe-me dizer-lhe duas coisas. O "socialismo" fez de um país atrasado como a Rússia uma das principais potências económicas do planeta; e depois de destruída na II Grande Guerra, uma das duas maiores, a par dos EUA. Por isso a treta sobre a inviabilidade do sistema socialista só subsiste porque são mentecaptos como o Lagarto que estão encarregues de escrever a história e decidir o que deve ou não ser enterrado (entre pessoas e ideologias).

Quanto ao resto, explico-lhe sucintamente o que penso. Cuba não é Portugal, nem vice-versa, e nunca ouvi, além das suas, comparações mais ou menos disparatadas sobre modelos clonados.
Por princípio, prefiro um País soberano e resistente do que uma colónia dos EUA, como era antes da Revolução, e como Israel é, por exemplo.
Quanto ao resto, considero os cubanos, na generalidade, pessoas cultas e educadas, bem formadas, com um historial de luta e resistência contra várias abordagens imperiais, creio que encontrarão as soluções para os seus problemas.
Não se vergaram até agora, não sem inúmeras tentativas americanas, têm resistido, veremos daqui para a frente.
Liberalização de sectores produtivos? Qual é o problema disso? Iniciativa privada? Qual é o problema disso? A URSS tinha-o desde a década de 20. Vários sistemas incluiam economias mistas. Não percebo o espanto.
Agora o domínio da economia por grupos económicos cuja acção e intesses satisfazem objectivos particulares? Isso não.
Já tive oportunidade de dizer isto anteriormente, o espanto de alguns de vocês só se mede pelo desconhecimento ou pela desonestidade.

Anónimo disse...

Lagarto, podes ter a certeza que os meus sapos cagados têm bem mais nível que as tuas postas de pescada. Está tranquilo. Veremos. Em Julho levaram na peida, não foi? Ou em Junho? Tenho má memória para datas. Três operações clandestinas joint-ops US/Israel. Não sabe muito disto, pois não?
Muito musculo e pouco juízo dá mau resultado. Já no Vietnam tinham tudo e apanharam na peida de gajos que faziam bombas com panelas. A sua sobranceria só expõe a sua própria ignorância e o desconhecimento do que é a guerra. Mas pronto. É o complexo Rambo III. É clássico, não se preocupe. Quanto às ideologias, só o facto de meteres tudo no mesmo saco evidencia a ignorância própria que quem não sabe o que escreve, que é um requisito fundamental para fazer triunfar a ideologia dominante.

Anónimo disse...

CdR, descontando os clichés dos peões, e dos clones, etc etc etc, deixe-me dizer-lhe duas coisas. O "socialismo" fez de um país atrasado como a Rússia uma das principais potências económicas do planeta; e depois de destruída na II Grande Guerra, uma das duas maiores, a par dos EUA. Por isso a treta sobre a inviabilidade económica intrínseca ao sistema socialista só subsiste porque são mentecaptos como o Lagarto que estão encarregues de escrever a história e decidir o que deve ou não ser enterrado (entre pessoas e ideologias).

Quanto ao resto, explico-lhe sucintamente o que penso. Cuba não é Portugal, nem vice-versa, e nunca ouvi, além das suas, comparações mais ou menos disparatadas sobre modelos clonados.
Por princípio, prefiro um País soberano e resistente do que uma colónia dos EUA, como era antes da Revolução, e como Israel é, por exemplo.
Quanto ao resto, considero os cubanos, na generalidade, pessoas cultas e educadas, bem formadas, com um historial de luta e resistência contra várias abordagens imperiais, creio que encontrarão as soluções para os seus problemas.
Não se vergaram até agora, não sem inúmeras tentativas americanas, têm resistido, veremos daqui para a frente.
Liberalização de sectores produtivos? Qual é o problema disso? Iniciativa privada? Qual é o problema disso? A URSS tinha-o desde a década de 20. Vários sistemas incluiam economias mistas. Não percebo o espanto.
Agora o domínio da economia por grupos económicos cuja acção e intesses satisfazem objectivos particulares? Isso não.
Já tive oportunidade de dizer isto anteriormente, o espanto de alguns de vocês só se mede pelo desconhecimento ou pela desonestidade. E apesar do paleio de cátedra percebe-se que nem o programa do PC para Portugal conhecem. E falar do que não se conhece é feio.

Anónimo disse...

Nausícaa, a fossa boa é só da Macarena, na Colômbia, não é?

RioD'oiro disse...

Estes esquerdalhos, em missão atenuadora de hecatombe, devem ganhar ao caractere e ao 'paste'. Se não em dinheiro, em bulas.

Entretanto, os apparatchiks cubanos já devem estar a metamorfosear-se em capitalistas.

RioD'oiro disse...

"Nausícaa, a fossa boa é só da Macarena, na Colômbia, não é? "

Abra um blog (não diga ao partido que é você) e descasque de lá que nós faremos contraponto.

RioD'oiro disse...

"Nausícaa, a fossa boa é só da Macarena, na Colômbia, não é?"

Ainda a semana passada Cuba era uma potência em exportação de medicamentos tecnologicamente avançados.

Anónimo disse...

RdO, você é um prato como já não se vê muito por aí… sou pago ao caracter, estou escondido na cave de um celeiro, protegido por duas vacas leiteiras que são na realidade dos agentes da KGB que ainda não sabem que o socialismo na URSS acabou…
Você é um ponto… já queimou o seu Corão? Ou acedeu ao pedido do Mr. President?

Nausícaa, São Paulo, Brasil disse...

Sim, caríssimo RioD'Oiro, há tempos venho cobrando-me uma providência neste sentido, mas, como sói acontecer do temperamento brasileiro, dá-me uma preguiiiiiça! Pecado esse devidamente relatado toda a vez ao meu pároco no confessionário, e de joelhos!!

Carmo da Rosa disse...

”O "socialismo" fez de um país atrasado como a Rússia uma das principais potências económicas do planeta.”

Sim, tem toda a razão, mas isto nem na Rússia é válido, só mesmo no restrito mundo dos militantes do PCP! Mal ponha a pata de fora do comité central passa por maluquinho. Você é realmente uma…… anedota!

RioD'oiro disse...

Cara Nausícaa, eu respondia ao anónimo que pensa merecer ser tido em conta relativamente ao que decido escrever.

Mas seria excelente se a Nausícaa abrisse um blog.

RioD'oiro disse...

"que são na realidade dos agentes da KGB que ainda não sabem que o socialismo na URSS acabou…"

Olhe que isso já se pegou a si.

Este seu pequeno comentário foi borla sua?

LGF Lizard disse...

Estes anónimos comunas a expressar as virtudes do comunismo fazem-me lembrar aqueles vendedores da banha da cobra....

Felizmente que esta banha-da-cobra já não engana mais ninguém.

Anónimo disse...

A escolha é facil, Cdr, prefiro passar por maluquinho do que ser mentiroso e desonesto como tu. E acho que vale mais uma verdade inconveniente do que as mentiras e efabulações da moda que vais espalhando aqui. E que palhaços como o Lagarto vão aplaudindo com a destreza do macaco bem amestrado.
A única anedota, aqui, é o vosso esforço para justificarem a permanente posição de joelhos no chão e rabinho virado para o Pentágono. O que não deixa de ser irónico, dado a vossa simpatia pelos islamitas.

Carmo da Rosa disse...

Então, além de maluquinho, militante comunista é também mentiroso...

Anónimo disse...

Brilhante dedução, é de génio...

Carmo da Rosa disse...

Mais um atentado à minha natural MODÉSTIA...

Anónimo disse...

Cuidado, não imploda.

Anónimo disse...

O lagarto nem merece referência, é o eco a espalhar ideias feitas. É que pensar pode provocar calvície.

LGF Lizard disse...

"O lagarto nem merece referência, é o eco a espalhar ideias feitas. É que pensar pode provocar calvície."

Exactamente por isso que gosto de pensar pela minha própria cabeça, ao contrário dos comunas, que deixam tal tarefa para os líderes do partido. Depois é só repetir o chavão...
É que pensar é perigoso para os comunas. Dá direito a expulsão do partido... e caso o partido esteja no poder, a coisa pode ficar chata e perigosa.

Anónimo disse...

Bah! Mais banalidades do lagarto. ECO... ECo... Eco... eco... co... o... ...